21 de maio de 2010

Dioclea violacea Mart. ex Benth

Mais conhecida como olho-de-boi, esta é a semente de uma leguminosa originária do Brasil. A Dioclea violacea é uma planta medicinal mas tem muito maior fama como amuleto contra o mau-olhado do que, propriamente, pelas suas virtudes químicas.



O olho-de-boi é utilizado em fitoterapia, para combater doenças neurológicas como a epilepsia e a doença de parkinson. É um bom tónico, é calmante e também é útil no tratamento de algumas formas de artrite. Porém, o seu uso mágico é muito mais divulgado e é neste aspecto que se foca este artigo.

As formas de utilização são variadas, todas elas relacionadas com a protecção do utilizador. O olho-de-boi é eficaz contra a inveja, contra o mau-olhado, contra feitiços nefastos lançados por terceiros e contra todo o tipo de negatividades que podem afectar as pessoas e as casas. Seguem-se algumas maneiras de utilizar a semente:

- Confeccione um sachet mágico, colocando uma pedra de sal integral, um tronquinho de arruda, outro de alecrim e um olho-de-boi dentro de um saquinho de pano preto. Transporte o saquinho sempre consigo, dentro do bolso ou dentro da carteira para protecção pessoal, ou ainda no seu automóvel para protecção em viagem.

- Pode também utilizar a semente pendurada num fio, de preferência sem ser furada. Algumas casas da especialidade disponibilizam pendentes, porta-chaves e outros acessórios com a semente olho-de-boi. Estes objectos podem todos ser usados para o mesmo efeito.

- Para protecção da casa, utilize um sachet (ou um simples saquinho contendo a semente) pendurado atrás da porta da entrada. Verifique regularmente se a semente se encontra em condições e substitua-a se estiver danificada.

- Por fim, uma das formas de utilização mais divulgadas consiste em colocar uma ou várias sementes dentro de um copo com água, estrategicamente colocado perto da entrada da casa. Segundo a tradição, as sementes que rebentarem indicam a presença de negatividade. Se a água do copo adquirir uma cor escura, o fenómeno também é interpretado como sinal de poluição energética. As sementes de olho-de-boi funcionam assim como um alarme contra os perigos e, ao mesmo tempo, vão limpando o ambiente.

Sinónimos botânicos: Dioclea paraguariensis Hassl., Dolichos altissimus Vell.

Imagem extraída da internet.